[ Novas Regras do Simples Nacional de 2018 para quem trabalha nas áreas de MEDICINA, ODONTOLOGIA e PSICOLOGIA!!! ]

Um Procedimento Simples Pode Ajudar a Sua Empresa a Pagar Menos Impostos.
Porém temos apenas 5 vagas.

Se Você Precisa Saber REALMENTE como gastar menos com impostos, clique e fale conosco

Sim! Eu Quero Saber Mais

Você deve ter ouvido falar sobre as enormes mudanças que acontecerão no Simples Nacional a partir de 2018!!!

O que muda para sua empresa em 2018???

Em resumo, as mudanças Simples Nacional 2018 são:

Os limites de faturamento vão aumentar

O anexo VI deixará de existir

Os anexo III e V vão passar por fortes alterações.

Novos Limites de Faturamento

A grande mudança que poderá ter impacto na vida de todos é o limite de faturamento. A partir de 2018, o teto de faturamento para o Simples Nacional aumentará para até R$4,8 milhões por ano.

Existe, porém, uma ressalva.

Quando o faturamento exceder R$3,6 milhões acumulados nos últimos 12 meses, ICMS e ISS serão cobrados em separado do DAS e com todas as obrigações assessórias de uma empresa normal. Quando isso ocorrer, apenas os impostos federais terão recolhimento unificado.

 Novas alíquotas e anexos do Simples Nacional

Além dos limites, outra mudança bem impactante vai ser nas alíquotas de imposto. Algumas sofrerão importantes alterações. Vou te contar quais são elas:

A alíquota inicial permanece a mesma nos anexos de comércio (anexo I) e indústria (anexo II), bem como os anexos de serviços III e IV.

Todas as atividades do Simples Nacional passam a ter uma alíquota progressiva quando o faturamento ultrapassar R$180 mil no acumulado dos últimos 12 meses. Na medida em que o faturamento aumentar, a alíquota será diferente.

Já o anexo V será totalmente novo:

Extingue-se o anexo VI e as atividades passam para o novo anexo V.

Via de regra, tudo era do anexo V passou para o anexo III, e tudo que era do anexo VI passou para o V.

Mas existem algumas exceções, que passarão do VI para o III. São elas:

Atividades de arquitetura e urbanismo, medicina, odontologia, psicologia, terapia ocupacional, acupuntura, podologia, fonoaudiologia, clínicas de nutrição e bancos de leite.

Essa medida tornará a cobrança mais justa, pois a alíquota será proporcional ao faturamento acumulado.

Até 2017, uma empresa com faturamento de R$360 mil e outra com faturamento de R$180 mil que tivessem o mesmo faturamento no mês, R$ 10 mil, por exemplo, pagariam o mesmo valor de imposto. Agora, este cálculo levará em conta todo o faturamento acumulado.

Isso quer dizer que, dependendo das movimentações do seu faturamento, o anexo e a alíquota em que o seu negócio será tributado podem variar de um mês para o outro.

 

Exemplo:                                       Empresa A                 Empresa B

Faturamento 12 Meses             R$ 180.000,01            R$ 360.000,00

Faturamento no Mês                 R$ 10.000,00              R$ 10.000,00

Simples até 2017 (R$)               R$ 821,00                     R$ 821,00

Simples após 2018 (R$)            R$ 600,00                    R$ 860,00

Simples após 2018 (%)              6%                                 8,60%

 

MAS CORRA, a solicitação para opção de tribução desta nova modalidade só pode ser realizada em janeiro/2018!!!

Se você é Empreendedor do ramo de medicina, odontologia, psicologia e precisa de uma Assessoria Contábil Especializada, faça contato com a gente agora mesmo [CLIQUE AQUI].

Uma das principais decisões que um empreendedor precisa tomar no início de suas atividades ou até mesmo, verificar anualmente como pode reduzir sua carga tributária, é em muitas situações a diferença entre manter a empresa aberta ou falir.

Você é nosso convidado para saber mais sobre Se A Sua Carga Tributária Pode Ser Reduzida ou Não e Como Você Pode Fazer Isso!

Sim! Eu Quero Saber Mais