Finanças Pessoais versus Finanças Empresarias, porque não devemos misturar?

Um erro muito comum que o empresário costuma cometer é misturar as finanças do seu negócio com as suas próprias finanças pessoais, e isto é muito mais comum do que se imagina e esta atitude pode ser o fator determinante entre o sucesso e o fracasso de uma empresa.

É preciso manter totalmente distintas a conta pessoal e empresarial por uma razão bem simples: identificar todas as despesas que estão ocorrendo na atividade da sua empresa, por exemplo: gastos com folha de pagamento, fornecedores, aluguel de sala, conta de luz, materiais e equipamentos para a atividade da empresa, etc.

É preciso ter uma conta bancária para a empresa?

Sim, com apenas uma conta bancária para atender às demandas da pessoa física e da empresa, é impossível identificar as receitas e as despesas em cada um.

Criando-se uma rotina financeira é possível desenvolver o hábito saudável de ordenar o seu dinheiro de forma coerente, passando a ter controle total de suas economias. Apesar de não ter uma legislação que determine isso, ter uma conta bancária exclusiva para a empresa é muito recomendado, justamente para que você tenha o controle sobre as receitas e despesas da sua empresa.

Organize-se

Todas as transações que passam pelo extrato bancário da sua empresa devem ser identificadas, desta forma, saber qual o cliente, qual a nota fiscal, qual o serviço foi prestado é importante para ter o controle do seu dia a dia e manter a sua empresa ordem.

Financas-Pessoas1 Finanças Pessoais versus Finanças Empresarias, porque não devemos misturar?

 

 

 

 

 

 

 

 

Você pode pedir auxílio profissional de um Contador, além de lhe orientar com os primeiros procedimentos para sair do caos financeiro desta mistura de contas, ele saberá lhe informar o que é legalmente válido, no momento de destinar os recursos da empresa.

Para que o Contador faça o registro da contabilidade da sua empresa corretamente, é preciso que você envie os extratos da conta corrente jurídica para ele mensalmente.

Estabeleça valores de Pró-Labore e Dividendos

É altamente recomendado que se estabeleça um valor de pró-labore para uma retirada financeira mensal, este valor deve ser definido de acordo com a necessidade do proprietário da empresa, ou seja, você terá um salário fixo por atuar na empresa.

Porém é importante que este valor pago ao proprietário esteja de acordo com a média salarial do mercado para este cargo.

Também pode-se definir um valor de Dividendos que você vai retirar mensalmente, a legislação permite que você faça a distribuição de dividendos desde que você comprove o lucro gerado na sua empresa.

Como a Contabilidade pode ajudar você?

Quando você tem a contabilidade em dia, você consegue ter uma visão melhor da sua empresa. O registro da contabilidade é um trabalho feito a quatro mãos, você precisa disponibilizar as informações para o seu contador mensalmente e ele deve processá-las e devolver essas informações para você.

Financas-Pessoas1 Finanças Pessoais versus Finanças Empresarias, porque não devemos misturar?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Portanto, como a contabilidade é um serviço obrigatório para as empresas, ela precisa estar em dia com a situação fiscal, com o governo, além do cumprimento de obrigações acessórias e outros aspectos.

É recomendável que você conte com o respaldo de uma assessoria contábil para lhe orientar.

Tem alguma dúvida? Entre em contato conosco!

E então, você está cometendo este erro de misturar suas finanças pessoais com as finanças da sua empresa? Tome agora mesmo uma atitude para prosperar sempre mais!

 

AUTOR

Adriano Oliveira